PMPF Facebook

Passo Fundo, 10/12/2021, 15:59

Resultados e planejamento

Em reunião-almoço com empresários, prefeito destaca ações de 2021 e apresenta planejamento para 2022

O equilíbrio entre a proteção da saúde pública em meio ao enfrentamento da pandemia e a necessidade de retomar o desenvolvimento econômico do município pautou o início do primeiro ano do governo de Pedro Almeida. Aos empresários e lideranças políticas que participaram da reunião-almoço promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), nesta sexta-feira (10), o prefeito de Passo Fundo elencou os programas lançados em 2021, fez um balanço dos principais indicadores obtidos em sua gestão e apresentou um panorama de anúncios e o planejamento para 2022.

Conforme o prefeito, 2021 foi um ano de desafios em todas as áreas administrativas, afetadas desde 2020 pela pandemia, sobretudo nas relacionadas a saúde, assistência social e economia. “Experimentamos uma série de questões desafiadoras para a Administração. Mas, construímos uma equipe de governo qualificada, técnica e inovadora que está trabalhando com afinco e dedicação na superação dos obstáculos”, afirmou ele.

Pedro aproveitou o encontro com os empresários para destacar as ações que integram o programa Acelera Passo Fundo, lançado em janeiro com a proposta de criar as condições para o fomento da geração de emprego e renda, promovendo a recuperação de diversos setores econômicos e preparando o município para os novos desafios em um cenário de pós-pandemia. “Pensar o desenvolvimento e trabalhar para que Passo Fundo retome seu protagonismo regional e estadual é um objetivo permanente. E o Acelera tem sido este fio condutor que incentiva a retomada da economia”, avaliou o prefeito.

Entre as iniciativas citadas pelo prefeito estão as duas edições do projeto Café com Emprego, realizadas com apoio e parceria da indústria, das entidades de classe e dos setores do comércio e prestação de serviços; o Mutirão para a Liberação de Obras, que acelerou a liberação de mais de 2.800 processos de obras da construção civil; a instalação dos processos eletrônicos que reduziram a burocracia, como o Alvará Online; e o subsídio concedido a Microempreendedores Individuais (MEI’s) de diversas categorias, através do Juro Zero. “A Prefeitura pode e deve ser a indutora do desenvolvimento, facilitando e auxiliando os empresários, estabelecendo ferramentas e oferecendo o apoio necessário para a economia local crescer”, avaliou o gestor.

Saúde
Todas as medidas econômicas foram acompanhadas pelo reforço na atenção e na assistência em saúde. “O enfrentamento da pandemia exigiu grandes esforços da Administração. Desde o primeiro dia de janeiro trabalhamos convictos de que a vacinação em massa dos passo-fundenses era a melhor ferramenta para termos segurança sanitária. E investimos nisso”, reiterou o prefeito, destacando que o esforço local resultou em reconhecimento em todo o Estado. “Passo Fundo foi a primeira cidade do interior do Rio Grande do Sul a receber o prêmio Te Vacina, do Governo do Estado. Seguimos atuando fortemente na campanha de vacinação. O resultado é visível: queda nas internações hospitalares, no número de óbitos e nos casos ativos”.

Além da vacinação contra a Covid-19, a Prefeitura também ampliou e qualificou a rede de atenção básica, contratando mais profissionais médicos, ampliando as equipes de enfermagem, melhorando a infraestrutura física de Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e humanizando o serviço prestado ao cidadão. “A humanização do atendimento é uma das nossas regras. Precisamos que a nossa população seja atendida da melhor forma possível”, argumentou Pedro.

Outras ações como o Passo Fundo Sorri, o Mutirão de Especialidades Médicas, Saúde no Interior e o Busca Ativa foram apontadas pelo prefeito. Pedro também destacou os novos investimentos na modernização e ampliação do Hospital Municipal. “Desde janeiro, captamos mais de R$ 15 milhões em recursos públicos que serão aplicados na Nova Emergência e também no Hospital Dia da Criança, que são compromissos nossos de campanha”, declarou.

Aeroporto
O prefeito falou também sobre as obras e a retomada das operações aeroportuárias no Aeroporto Lauro Kortz. “É uma obra bastante complexa, que está demandando esforços do nosso governo. A Prefeitura tem feito o que está ao seu alcance: pressionado os governos Estadual e Federal, colocando o Município à disposição do que for preciso para acelerar a reabertura do Aeroporto. É importante que a cidade saiba que dos aeroportos regionais contemplados com recursos públicos para a reforma e revitalização, o nosso é o que ainda está em fase mais adiantada”, ponderou Pedro.

Planeja Passo Fundo 2022
Encerrando a atividade, o prefeito apresentou algumas das ações previstas para 2022, reforçando os investimentos em obras públicas, na infraestrutura e no planejamento urbano, promoção da saúde e atenção às demandas dos bairros. “O empenho e o compromisso da nossa Administração seguem cada vez mais fortes. Fizemos bastante, mas não fizemos tudo. Temos muito trabalho pela frente”, concluiu Pedro.

O presidente da CDL, Sérgio Giacomini, destacou a importância dos assuntos destacados pelo prefeito. “Ninguém faz nada sozinho. A Prefeitura tem nos dado espaço para dialogar e tenho certeza que, juntos, conseguiremos trabalhar pensando no desenvolvimento de todo o município”, afirmou ele, falando sobre os objetivos e o planejamento estratégico construído pela entidade para os próximos anos.

Fotos: Diogo Zanatta

Galeria de imagens


Rua Dr. João Freitas, 75
99010-005 - Passo Fundo - RS
Telefone (54) 3316 7100

Central de Atendimento
0800 541 7100
pmpf@pmpf.rs.gov.br

Horário de atendimento:
De segunda a sexta-feira
Das 08h às 11h30min
Das 13h30min às 17h